segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Os Mirage argentinos efectuaram o seu ultimo voo operacional


28 de Novembro ficará marcado na história da Força Aérea da Argentina, o dia em que o seu Mirage deixou de ser operacional e perante o olhar atento de milhares de presentes na VI Brigada Aérea de Tandil, o Mirage efectuou o voo de despedida.


A cerimonia foi carregada de bastante emoção, o Mirage que foi o icone da Guerra das Malvinas, conhecido como "guerreiro do ar"e durante 43 anos esteve operacional na Força Aérea, reuniu neste evento de despedida muitos daqueles que fizeram parte da historia, veteranos, pilotos e bastante publico.


A Argentina manteve 12 operacionais dos 43 adquiridos ao longo dos tempos e destes, 35 foram conhecidos como os Dagger ou Delta Dagger durante o conflito das Malvinas onde a Força Aérea Argentina não podia utilizar os seus Mirage III por causa do seu reduzido alcance operacional.


Vamos aguardar agora pela decisão da Força Aérea da Argentina para sabermos qual a aeronave que irá substituir esta frota para colmatar esta falha de capacidade com o fim dos Mirage
Fotos: cabeceranorte





























































28 de Novembro ficará marcado na história da Força Aérea da Argentina, o dia em que o seu Mirage deixou de ser operacional e perante o olhar atento de milhares de presentes na VI Brigada Aérea de Tandil, o Mirage efectuou o voo de despedida.


A cerimonia foi carregada de bastante emoção, o Mirage que foi o icone da Guerra das Malvinas, conhecido como "guerreiro do ar"e durante 43 anos esteve operacional na Força Aérea, reuniu neste evento de despedida muitos daqueles que fizeram parte da historia, veteranos, pilotos e bastante publico.


A Argentina manteve 12 operacionais dos 43 adquiridos ao longo dos tempos e destes, 35 foram conhecidos como os Dagger ou Delta Dagger durante o conflito das Malvinas onde a Força Aérea Argentina não podia utilizar os seus Mirage III por causa do seu reduzido alcance operacional.


Vamos aguardar agora pela decisão da Força Aérea da Argentina para sabermos qual a aeronave que irá substituir esta frota para colmatar esta falha de capacidade com o fim dos Mirage
Fotos: cabeceranorte




























































Sem comentários:

Publicar um comentário