sexta-feira, 26 de junho de 2015

EATT 2015 chegou ao fim

Chegou ao fim o EATT European Air Training Transport que se realizou na Base Aérea de Beja e a cerimónia oficial de encerramento teve lugar na placa 1 e contou com a presença de todas as nações envolvidas. As missões no âmbito da NATO e da UE justificam a necessidade de treino e, nesse sentido, cooperação e interoperabilidade foram as palavras de ordem. 
O desenvolvimento de técnicas, táticas e procedimentos, bem como a partilha de conhecimento e experiência foram uma mais-valia para alcançarmos uma Europa mais proficiente e coesa no cumprimento das missões em teatros de operações. O privilégio de ser a nação anfitriã fez-nos querer ser melhores todos os dias e o sucesso do EATT2015 trouxe a motivação necessária para apontarmos à excelência nas missões futuras. Até ao EATT 2016 
Fonte e fotos: Força Aérea Portuguesa



































Chegou ao fim o EATT European Air Training Transport que se realizou na Base Aérea de Beja e a cerimónia oficial de encerramento teve lugar na placa 1 e contou com a presença de todas as nações envolvidas. As missões no âmbito da NATO e da UE justificam a necessidade de treino e, nesse sentido, cooperação e interoperabilidade foram as palavras de ordem. 
O desenvolvimento de técnicas, táticas e procedimentos, bem como a partilha de conhecimento e experiência foram uma mais-valia para alcançarmos uma Europa mais proficiente e coesa no cumprimento das missões em teatros de operações. O privilégio de ser a nação anfitriã fez-nos querer ser melhores todos os dias e o sucesso do EATT2015 trouxe a motivação necessária para apontarmos à excelência nas missões futuras. Até ao EATT 2016 
Fonte e fotos: Força Aérea Portuguesa



































quinta-feira, 18 de junho de 2015

EATT 2015 - Day 4

O European  Air Transport Training 2015 é o maior exercício de aeronaves de carga da Europa e a criação de condições para apoiar os 2500 militares destacados, requer um longo período de preparação e implementação da vasta estrutura logística necessária.


Cumprindo o objectivo da partilha de conhecimentos e troca de experiências, introduziu-se o Spare Parts no Centro de Operações de Manutenção. Com o intuito de “reduzir a pegada logística” e evitar a duplicação de equipamentos, o Spare Parts traduz-se numa área comum, equipada com ferramentas e peças de aeronaves, disponíveis a toda a manutenção das várias nações participantes. Esta proximidade, para além de fomentar o espírito de união, permite ainda standardizar procedimentos e o intercâmbio de know how.


A experiência da Força Aérea Portuguesa adquirida na organização de exercícios anteriores permite fazer cada vez mais e melhor. A logística é uma área discreta mas vital no sucesso das missões militares.
Fonte e fotos: Força Aérea Portuguesa  Link: EATT 2015


































O European  Air Transport Training 2015 é o maior exercício de aeronaves de carga da Europa e a criação de condições para apoiar os 2500 militares destacados, requer um longo período de preparação e implementação da vasta estrutura logística necessária.


Cumprindo o objectivo da partilha de conhecimentos e troca de experiências, introduziu-se o Spare Parts no Centro de Operações de Manutenção. Com o intuito de “reduzir a pegada logística” e evitar a duplicação de equipamentos, o Spare Parts traduz-se numa área comum, equipada com ferramentas e peças de aeronaves, disponíveis a toda a manutenção das várias nações participantes. Esta proximidade, para além de fomentar o espírito de união, permite ainda standardizar procedimentos e o intercâmbio de know how.


A experiência da Força Aérea Portuguesa adquirida na organização de exercícios anteriores permite fazer cada vez mais e melhor. A logística é uma área discreta mas vital no sucesso das missões militares.
Fonte e fotos: Força Aérea Portuguesa  Link: EATT 2015


































EATT 2015 - Day 3

As missões de hoje no EATT 2015 iniciaram-se com a inserção os para-quedistas Saltadores Operacionais de Grande Altitude - por muitos considerada como a elite dos “Boinas Verdes” portugueses. Normalmente operando em grupos reduzidos, têm por objectivo de fazer o reconhecimento da zona com operações de acção imediata, garantindo a segurança de outras forças aliadas. 


Durante o exercício, serão realizadas várias missões que juntam para-quedistas portugueses, alemães, holandeses e franceses, no sentido de treinar procedimentos operacionais, actualizar conhecimentos e partilhar experiências das operações realizadas.
Fonte e Fotos: Força Aérea Portuguesa http://www.emfa.pt/eatt/




























As missões de hoje no EATT 2015 iniciaram-se com a inserção os para-quedistas Saltadores Operacionais de Grande Altitude - por muitos considerada como a elite dos “Boinas Verdes” portugueses. Normalmente operando em grupos reduzidos, têm por objectivo de fazer o reconhecimento da zona com operações de acção imediata, garantindo a segurança de outras forças aliadas. 


Durante o exercício, serão realizadas várias missões que juntam para-quedistas portugueses, alemães, holandeses e franceses, no sentido de treinar procedimentos operacionais, actualizar conhecimentos e partilhar experiências das operações realizadas.
Fonte e Fotos: Força Aérea Portuguesa http://www.emfa.pt/eatt/




























quarta-feira, 17 de junho de 2015

Caças F-22 podem ser destacados para a Europa

Secretária americana da Força Aérea Deborah James disse que os Estados Unidos poderiam destacar uma esquadra de caças F-22 Raptor para a Europa em resposta aos conflitos existentes na Europa de leste entre a Rússia e Ucrânia.
A Força Aérea dos Estados Unidos enviou 2 destacamentos compostos por A-10C e F-15C para a Europa, Estas unidades estão programadas para passar seis meses a voar missões de treino conjunto com as forças da NATO por todo o continente europeu.
Cerca de 300 militares foram destacados em 13 de Fevereiro com os 12 A-10C do 355 Fighter Wing, provenientes da Base Aérea Davis-Monthan no Arizona e 12 F-15C pertencentes à Air National Guard da Flórida chegaram à Europa um mês depois. A Secretária americana referiu mesmo que outras unidades poderão ser incluídas nas forças militares de rotação, inclusive caças F-22 Raptor. 
Estas declarações foram proferidas durante uma conferencia de imprensa no Paris Air Show que está a decorrer esta semana.
Fonte e Fotos: www.military.com









































Secretária americana da Força Aérea Deborah James disse que os Estados Unidos poderiam destacar uma esquadra de caças F-22 Raptor para a Europa em resposta aos conflitos existentes na Europa de leste entre a Rússia e Ucrânia.
A Força Aérea dos Estados Unidos enviou 2 destacamentos compostos por A-10C e F-15C para a Europa, Estas unidades estão programadas para passar seis meses a voar missões de treino conjunto com as forças da NATO por todo o continente europeu.
Cerca de 300 militares foram destacados em 13 de Fevereiro com os 12 A-10C do 355 Fighter Wing, provenientes da Base Aérea Davis-Monthan no Arizona e 12 F-15C pertencentes à Air National Guard da Flórida chegaram à Europa um mês depois. A Secretária americana referiu mesmo que outras unidades poderão ser incluídas nas forças militares de rotação, inclusive caças F-22 Raptor. 
Estas declarações foram proferidas durante uma conferencia de imprensa no Paris Air Show que está a decorrer esta semana.
Fonte e Fotos: www.military.com









































terça-feira, 16 de junho de 2015

EATT 2015 - Day 2

O segundo dia do EATT 2015 foi conduzido na execução de voos de reconhecimento com o objectivo de proporcionar às forças participantes o treino necessário sobre as áreas onde se irão realizar as operações aéreas.
Torna-se extremamente importante na fase de planeamento das missões diárias conhecer e reconhecer, de uma forma integrada, a área destinada às operações, não só para o cabal cumprimento da missão, mas principalmente para a própria segurança dos militares envolvidos.
A Interoperabilidade entre as forças é adquirida através de um treino conjunto e combinado, o conhecimento e a experiencia é muito importante em qualquer teatro operacional para o cumprimento das missões a que as forças são chamadas a intervir.
Fonte e Fotos: Forças Aérea Portuguesa/EATT 2015




























O segundo dia do EATT 2015 foi conduzido na execução de voos de reconhecimento com o objectivo de proporcionar às forças participantes o treino necessário sobre as áreas onde se irão realizar as operações aéreas.
Torna-se extremamente importante na fase de planeamento das missões diárias conhecer e reconhecer, de uma forma integrada, a área destinada às operações, não só para o cabal cumprimento da missão, mas principalmente para a própria segurança dos militares envolvidos.
A Interoperabilidade entre as forças é adquirida através de um treino conjunto e combinado, o conhecimento e a experiencia é muito importante em qualquer teatro operacional para o cumprimento das missões a que as forças são chamadas a intervir.
Fonte e Fotos: Forças Aérea Portuguesa/EATT 2015




























EATT 2015 - Day 1

15 de Junho foi o dia da cerimónia de abertura do European Air Transport Training EATT que vai realizar-se em Beja até ao próximo dia 26, organizado pela Força Aérea Portuguesa.
Forças participantes:
2500 militares e as seguintes aeronaves:
Bélgica: 1 C-130
Finlândia: 1 C-295
França: 1 C-130 + 1 C-295
Alemanha: 2 C-160
Itália: 1 C-27J
Lituânia: 1 C-27J
Holanda: 1 C-130
Portugal: 1 C-130 + 1 C-295
Roménia: 1 C-27J
Suécia: 2 C-130
Reino Unido: 1 C-130
Fonte e Fotos: Força Aérea Portuguesa


















15 de Junho foi o dia da cerimónia de abertura do European Air Transport Training EATT que vai realizar-se em Beja até ao próximo dia 26, organizado pela Força Aérea Portuguesa.
Forças participantes:
2500 militares e as seguintes aeronaves:
Bélgica: 1 C-130
Finlândia: 1 C-295
França: 1 C-130 + 1 C-295
Alemanha: 2 C-160
Itália: 1 C-27J
Lituânia: 1 C-27J
Holanda: 1 C-130
Portugal: 1 C-130 + 1 C-295
Roménia: 1 C-27J
Suécia: 2 C-130
Reino Unido: 1 C-130
Fonte e Fotos: Força Aérea Portuguesa


















domingo, 14 de junho de 2015

EATT 2015 - Tudo aposto para o seu inicio.

A Força Aérea Portuguesa vai realizar, entre os dias 15 e 26 de Junho, o exercício multinacional EATT15, no âmbito do programa de exercícios de Aeronaves de Transporte Aéreo Táctico da Agência Europeia de Defesa, como já tinha sido noticiado pelo Cannon Two
As Forças participantes neste exercício, para além das Forças Armadas Portuguesas, serão as forças da Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Lituânia, Holanda, Roménia, Suécia e do Reino Unido e ainda como países observadores o Brasil, os Estados Unidos da América e a Polónia, os quais ficarão sediados na Base Aérea Nº11, em Beja.
O EATT15 tem como finalidade treinar e aprontar as tripulações das esquadras de transporte aéreo táctico da Força Aérea, garantido desta forma, que as forças participantes estão prontas a cumprir as missões que lhes estão atribuídas em qualquer teatro de operações no seio da aliança europeia. Para além do treino individual, pertence-se ainda aumentar interoperabilidade entre as várias forças participantes. 
Foi ainda atribuída à Força Aérea a responsabilidade de produzir doutrina Europeia para a operação conjunta de aeronaves de transporte aéreo táctico. O resultado desta iniciativa, inovadora no seio da EDA, é a elaboração de um manual tático que permitirá em qualquer teatro operacional presentemente, standardizar os procedimentos de operação de aeronaves de transporte.
Este exercício irá contar com a participação de 2500 militares e 20 aeronaves, por isso pelas imediações de Beja os entusiastas vão poder fotografar as diversas aeronaves de transporte participantes no EATT estando a preparar-se um Spotterday para especialmente para os entusiastas da aviação. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fonte: www.emfa.pt   Fotos: EATT


















A Força Aérea Portuguesa vai realizar, entre os dias 15 e 26 de Junho, o exercício multinacional EATT15, no âmbito do programa de exercícios de Aeronaves de Transporte Aéreo Táctico da Agência Europeia de Defesa, como já tinha sido noticiado pelo Cannon Two
As Forças participantes neste exercício, para além das Forças Armadas Portuguesas, serão as forças da Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Lituânia, Holanda, Roménia, Suécia e do Reino Unido e ainda como países observadores o Brasil, os Estados Unidos da América e a Polónia, os quais ficarão sediados na Base Aérea Nº11, em Beja.
O EATT15 tem como finalidade treinar e aprontar as tripulações das esquadras de transporte aéreo táctico da Força Aérea, garantido desta forma, que as forças participantes estão prontas a cumprir as missões que lhes estão atribuídas em qualquer teatro de operações no seio da aliança europeia. Para além do treino individual, pertence-se ainda aumentar interoperabilidade entre as várias forças participantes. 
Foi ainda atribuída à Força Aérea a responsabilidade de produzir doutrina Europeia para a operação conjunta de aeronaves de transporte aéreo táctico. O resultado desta iniciativa, inovadora no seio da EDA, é a elaboração de um manual tático que permitirá em qualquer teatro operacional presentemente, standardizar os procedimentos de operação de aeronaves de transporte.
Este exercício irá contar com a participação de 2500 militares e 20 aeronaves, por isso pelas imediações de Beja os entusiastas vão poder fotografar as diversas aeronaves de transporte participantes no EATT estando a preparar-se um Spotterday para especialmente para os entusiastas da aviação. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fonte: www.emfa.pt   Fotos: EATT