quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

3 Anos passaram do último Spotterday para a despedida do Alphajet

 Dia 13 de Janeiro de 2018 foi dia dos entusiastas da aviação rumarem a Beja para testemunharem o fim do Alpha Jet ao fim de 25 anos a operar na Força Aérea Portuguesa.

Para esse dia a Força Aérea preparou um evento onde nos permitiu estarmos próximo da última missão da Esquadra 103 a operar o Alpha Jet e de facto fomos brindados com 6 aviões que passaram em formação para que fique em registo fotográfico.

O tempo também esteve favorável, desde céu azul com nuvens ou mesmo  nuvens bastante escuras, houve para todos os gostos. Lamento que ao fim de 39 anos, Nesse de dia 13 de Janeiro de 2018, talvez tenha fotogrado a última aeronave pertencente à Esquadra 103 Caracóis que se mantém desactivada. Ficam as recordações.




















































 Dia 13 de Janeiro de 2018 foi dia dos entusiastas da aviação rumarem a Beja para testemunharem o fim do Alpha Jet ao fim de 25 anos a operar na Força Aérea Portuguesa.

Para esse dia a Força Aérea preparou um evento onde nos permitiu estarmos próximo da última missão da Esquadra 103 a operar o Alpha Jet e de facto fomos brindados com 6 aviões que passaram em formação para que fique em registo fotográfico.

O tempo também esteve favorável, desde céu azul com nuvens ou mesmo  nuvens bastante escuras, houve para todos os gostos. Lamento que ao fim de 39 anos, Nesse de dia 13 de Janeiro de 2018, talvez tenha fotogrado a última aeronave pertencente à Esquadra 103 Caracóis que se mantém desactivada. Ficam as recordações.




















































terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Os Linces da Esquadra 504 comemoram 36 anos

Foi há precisamente 36 anos que nasceu a Esquadra 504 Linces da Força Aérea Portuguesa, no dia 12 de Janeiro de 1985 e foi criada para apoiar missões com um carácter de âmbito civil com a aquisição de 3 Falcon 20. Os Linces têm como missão principal executar operações de transporte aéreo especial, geralmente transporte de altas individualidades da Nação e em representação do Estado e como missão secundária executar voos de verificação de rádio ajudas à navegação.

Paralelamente a estas missões, a Esquadra 504 executa missões de âmbito humanitário no apoio direto à população, ou seja mais concretamente o transporte de órgãos humanos para transplante e evacuações sanitárias. Atualmente a Esquadra está a operar o Falcon 50 em destacamento permanente no Aeródromo de Manobra nº1 em Figo Maduro com um grau de prontidão bastante elevado, sem estarem de alerta.

Paralelamente a estas missões, a Esquadra 504 executa missões de âmbito humanitário, ou seja mais concretamente o transporte de órgãos humanos para transplante e evacuações sanitárias. Atualmente a Esquadra está a operar o Falcon 50 em destacamento permanente no Aeródromo de Manobra nº1 em Figo Maduro com um grau de prontidão bastante elevado, sem estarem de alerta.

Aqui fica o meu contributo para este marco tão importante com 3 fotos do Falcon, especialmente para elevar o facto de se tratar de uma Esquadra onde a Força Aérea Portuguesa contribui fortemente em missões de carácter humanitário e meus caros se avistarem um Falcon 50 com a Cruz de Cristo, podem muito bem estar a voar para salvar mais uma vida humana.  Link: Linces







































































Foi há precisamente 36 anos que nasceu a Esquadra 504 Linces da Força Aérea Portuguesa, no dia 12 de Janeiro de 1985 e foi criada para apoiar missões com um carácter de âmbito civil com a aquisição de 3 Falcon 20. Os Linces têm como missão principal executar operações de transporte aéreo especial, geralmente transporte de altas individualidades da Nação e em representação do Estado e como missão secundária executar voos de verificação de rádio ajudas à navegação.

Paralelamente a estas missões, a Esquadra 504 executa missões de âmbito humanitário no apoio direto à população, ou seja mais concretamente o transporte de órgãos humanos para transplante e evacuações sanitárias. Atualmente a Esquadra está a operar o Falcon 50 em destacamento permanente no Aeródromo de Manobra nº1 em Figo Maduro com um grau de prontidão bastante elevado, sem estarem de alerta.

Paralelamente a estas missões, a Esquadra 504 executa missões de âmbito humanitário, ou seja mais concretamente o transporte de órgãos humanos para transplante e evacuações sanitárias. Atualmente a Esquadra está a operar o Falcon 50 em destacamento permanente no Aeródromo de Manobra nº1 em Figo Maduro com um grau de prontidão bastante elevado, sem estarem de alerta.

Aqui fica o meu contributo para este marco tão importante com 3 fotos do Falcon, especialmente para elevar o facto de se tratar de uma Esquadra onde a Força Aérea Portuguesa contribui fortemente em missões de carácter humanitário e meus caros se avistarem um Falcon 50 com a Cruz de Cristo, podem muito bem estar a voar para salvar mais uma vida humana.  Link: Linces







































































quarta-feira, 23 de dezembro de 2020

Exercicio de treino resulta num fantástico "Elephant Walk" com 32 aeronaves militares

No dia 18 de Dezembro, 18 F-35A, 12 F-16 e 2 KC-135 executaram uma missão de treino para testar a prontidão rápida de cada unidade da Base Aérea de Eielson, nos Estados Unidos. 

Exercícios como este demonstram a capacidade das unidades de colocar um grande número de aeronaves no ar rapidamente, da mesma forma que seriam obrigadas a fazer durante uma grande crise.

Fonte: USAF
























































No dia 18 de Dezembro, 18 F-35A, 12 F-16 e 2 KC-135 executaram uma missão de treino para testar a prontidão rápida de cada unidade da Base Aérea de Eielson, nos Estados Unidos. 

Exercícios como este demonstram a capacidade das unidades de colocar um grande número de aeronaves no ar rapidamente, da mesma forma que seriam obrigadas a fazer durante uma grande crise.

Fonte: USAF
























































domingo, 13 de dezembro de 2020

Frota F-16 atinge as 94.000 horas de voo


No passado dia 2 de Dezembro, a frota F-16 da Força Aérea Portuguesa ultrapassou as 94.000 horas.


Desde 1994 a executar operações de defesa aérea e de ataque convencional, o F-16 equipa as Esquadras 201 "Falcões" e a Esquadra 301 "Jaguares" a operar apartir da Base Aérea 5 de Monte Real. Fonte: Base Aérea 5 Monte Real









































No passado dia 2 de Dezembro, a frota F-16 da Força Aérea Portuguesa ultrapassou as 94.000 horas.


Desde 1994 a executar operações de defesa aérea e de ataque convencional, o F-16 equipa as Esquadras 201 "Falcões" e a Esquadra 301 "Jaguares" a operar apartir da Base Aérea 5 de Monte Real. Fonte: Base Aérea 5 Monte Real








































quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Esquadra 301 Jaguares comemora 52 anos

 


Parabéns aos Jaguares. A Esquadra 301 da Força Aérea Portuguesa, os Jaguares, celebram hoje dia 25 novembro os seus 52 anos de atividade operacional.

A operar a partir da Base Aérea 5 de Monte Real desde 2004 com o F-16AM Fighting Falcon, a Esquadra operou também outras aeronaves como o AlphaJet e o Fiat G-91 ao longo deste já tão longo e histórico percurso operacional.





Existem 2 F-16AM com caudas especiais, uma feita para o 50º Nato Tigermeet, o 15106 e mais recentemente o 15103 quando a esquadra comemorou os 50 anos. Parabéns Jaguares.
















































 


Parabéns aos Jaguares. A Esquadra 301 da Força Aérea Portuguesa, os Jaguares, celebram hoje dia 25 novembro os seus 52 anos de atividade operacional.

A operar a partir da Base Aérea 5 de Monte Real desde 2004 com o F-16AM Fighting Falcon, a Esquadra operou também outras aeronaves como o AlphaJet e o Fiat G-91 ao longo deste já tão longo e histórico percurso operacional.





Existem 2 F-16AM com caudas especiais, uma feita para o 50º Nato Tigermeet, o 15106 e mais recentemente o 15103 quando a esquadra comemorou os 50 anos. Parabéns Jaguares.
















































terça-feira, 17 de novembro de 2020

Super Tucano em Monte Real

O Super Tucano está em Portugal e mais concretamente na Base Aérea de Monte Real. Trata-se do PT-ZTU que o ano passado esteve em Fairford durante o Royal International Air Tatoo.

Possivelmente, quem sabe, será a futura aeronave de treino da Força Aérea Portuguesa, do mesmo fabricante que os recentemente adquiridos/comprados KC-390.


Fiquem bem. Jorge Ruivo












































O Super Tucano está em Portugal e mais concretamente na Base Aérea de Monte Real. Trata-se do PT-ZTU que o ano passado esteve em Fairford durante o Royal International Air Tatoo.

Possivelmente, quem sabe, será a futura aeronave de treino da Força Aérea Portuguesa, do mesmo fabricante que os recentemente adquiridos/comprados KC-390.


Fiquem bem. Jorge Ruivo












































sexta-feira, 30 de outubro de 2020

F-16AM 15141 em modo de despedida.


Com o inicio da segunda fase da venda de F-16 à Roménia, ao serem definidas as células que fariam parte deste segundo lote, o 15141 seria uma delas.

A OGMA efetuou no passado dia 8 de Outubro a entrega de mais uma célula à Força Aérea Portuguesa, conforme noticiou na sua rede twitter. Seria a célula com o registo FAP 15141 e ex-USAF 82-0975.

Esta semana numa passagem por Monte Real, eis que uma das aeronaves em voo era o 15141 que deveria estar a ultimar os últimos testes a efetuar antes da entrega oficial à Força Aérea da Roménia que deverá estar para breve.

Aqui fica o registo fotográfico em modo despedida, já com a pintura do país de destino mas ainda com o 15141 na cauda. Fiquem bem. Jorge Ruivo

 

O 15141 no Real Thaw 2016



































































Com o inicio da segunda fase da venda de F-16 à Roménia, ao serem definidas as células que fariam parte deste segundo lote, o 15141 seria uma delas.

A OGMA efetuou no passado dia 8 de Outubro a entrega de mais uma célula à Força Aérea Portuguesa, conforme noticiou na sua rede twitter. Seria a célula com o registo FAP 15141 e ex-USAF 82-0975.

Esta semana numa passagem por Monte Real, eis que uma das aeronaves em voo era o 15141 que deveria estar a ultimar os últimos testes a efetuar antes da entrega oficial à Força Aérea da Roménia que deverá estar para breve.

Aqui fica o registo fotográfico em modo despedida, já com a pintura do país de destino mas ainda com o 15141 na cauda. Fiquem bem. Jorge Ruivo

 

O 15141 no Real Thaw 2016