quarta-feira, 4 de março de 2015

Esquadra 103 Caracóis no Real Thaw 2015

No final da semana 1 do Real Thaw 2015, a Força Aérea através da sua página no flickr partilhou umas serie de fotos espectaculares do Alphajet da Esquadra 103 Caracóis durante uma missão no Real Thaw. Uma vez que estamos ainda numa época festiva para os Caracóis que comemoraram recentemente 62 anos de vida no passado dia 28 de Fevereiro, não queria deixar passar e partilhar no Cannon Two uma selecção das minhas preferidas.
Posso referir que um dos meus motivos na minha deslocação ao Spotterday do dia 26 de Fevereiro do Real Thaw foi o facto de ter novamente outra oportunidade de fotografar uma vez mais os Alphajet da Esquadra 103 e saliento o mesmo facto durante o Real Thaw de 2014 apesar da Esquadra 555 Triple Nickel dos F-16 de Aviano estarem presentes.

Curiosamente iniciei o meu gosto pela fotografia de aviação em 1978 quando numas fugidas até à Base Aérea 5 de Monte Real ia conseguindo umas fotografias a preto e branco dos T-33A, a aeronave que operava a Esquadra 103, nessa altura operavam também os T-38A e os F-86F mas na Esquadra 201 Falcões.
Aqui ficam as minhas 4 fotos preferidas do Alphajet, da autoria da Força Aérea Portuguesa durante o Real Thaw 2015, existem muito mais e deixo o link para que possam desfrutar e admirar todo este lote de excelentes fotografias.

Fotos do Alphajet - Força Aérea Portuguesa

Parabéns à Força Aérea Portuguesa por partilhar estas fotgrafias. Fiquem Bem. Jorge Ruivo





























No final da semana 1 do Real Thaw 2015, a Força Aérea através da sua página no flickr partilhou umas serie de fotos espectaculares do Alphajet da Esquadra 103 Caracóis durante uma missão no Real Thaw. Uma vez que estamos ainda numa época festiva para os Caracóis que comemoraram recentemente 62 anos de vida no passado dia 28 de Fevereiro, não queria deixar passar e partilhar no Cannon Two uma selecção das minhas preferidas.
Posso referir que um dos meus motivos na minha deslocação ao Spotterday do dia 26 de Fevereiro do Real Thaw foi o facto de ter novamente outra oportunidade de fotografar uma vez mais os Alphajet da Esquadra 103 e saliento o mesmo facto durante o Real Thaw de 2014 apesar da Esquadra 555 Triple Nickel dos F-16 de Aviano estarem presentes.

Curiosamente iniciei o meu gosto pela fotografia de aviação em 1978 quando numas fugidas até à Base Aérea 5 de Monte Real ia conseguindo umas fotografias a preto e branco dos T-33A, a aeronave que operava a Esquadra 103, nessa altura operavam também os T-38A e os F-86F mas na Esquadra 201 Falcões.
Aqui ficam as minhas 4 fotos preferidas do Alphajet, da autoria da Força Aérea Portuguesa durante o Real Thaw 2015, existem muito mais e deixo o link para que possam desfrutar e admirar todo este lote de excelentes fotografias.

Fotos do Alphajet - Força Aérea Portuguesa

Parabéns à Força Aérea Portuguesa por partilhar estas fotgrafias. Fiquem Bem. Jorge Ruivo





























domingo, 1 de março de 2015

Aviões Russos vão sobrevoar Portugal

A Rússia inicia hoje, dia 1 de Março e até ao dia 8, uma serie de voos de verificação sobre Portugal e Espanha. Esta é uma operação que se realiza com regularidade e que nada tem a haver com a NATO, ou com as intercepções de bombardeiros russos no espaço aéreo português ocorridas no passado ano em Dezembro.
Até ao dia 8 deste mês um Antonov -30B vai ficar estacionado em Lisboa e sobrevoar Portugal com a autorização e colaboração das autoridades nacionais e vai voar em rotas previamente acordadas
Esta é uma operação integrada no Tratado Internacional de Céu aberto, um tratado que permite aos 34 países que o ratificaram, em 1992, a observação aérea dos territórios desses países. O objectivo é verificar a existência de eventuais ameaças. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fotos: Wikipedia. Fonte: Sic Noticias




































A Rússia inicia hoje, dia 1 de Março e até ao dia 8, uma serie de voos de verificação sobre Portugal e Espanha. Esta é uma operação que se realiza com regularidade e que nada tem a haver com a NATO, ou com as intercepções de bombardeiros russos no espaço aéreo português ocorridas no passado ano em Dezembro.
Até ao dia 8 deste mês um Antonov -30B vai ficar estacionado em Lisboa e sobrevoar Portugal com a autorização e colaboração das autoridades nacionais e vai voar em rotas previamente acordadas
Esta é uma operação integrada no Tratado Internacional de Céu aberto, um tratado que permite aos 34 países que o ratificaram, em 1992, a observação aérea dos territórios desses países. O objectivo é verificar a existência de eventuais ameaças. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fotos: Wikipedia. Fonte: Sic Noticias




































sábado, 28 de fevereiro de 2015

Esquadra 103 Caracóis - 62º aniversário

Os Caracóis estão de parabéns porque comemoram hoje 62 anos de existência. Historicamente remonta ao ano de 1953 com a entrada ao serviço do T-33A Shooting Star a operar a partir da Base Aérea da Ota que servia para treinar pilotos para o F-84G. Em 1957 com a passagem para a Base Aérea da Tancos passou a designar-se como Esquadra de Instrução Complementar de Pilotagem em Aviões de Combate (EICPAC), mantendo-se ainda nos dias de hoje.
Em 1974 a Esquadra é transferida para a Base Aérea de Monte Real, é designada por Esquadra 103 e em 1980 recebe os elegantes T-38 Talon que operam em Monte Real até serem transferidos em 1987 para a Base Aérea de Beja. O T-33 começou progressivamente a ser desactivado em 1988 e o T-38 terminou definitivamente a sua missão em 1993, ano em que a Esquadra 103 recebeu os Alphajet, de origem alemã, que opera ainda nos dias de hoje.
Tive a oportunidade de fotografar todas estas aeronaves da Esquadra 103 quando iniciei este meu hobby em 1978, aqui por Monte Real, iniciado que foi ainda na era da fotografia a preto e branco.
Gostaria de referir também os anos em que a Esquadra 103 foi responsável por voltar aos céus a patrulha acrobática Asas de Portugal. Deixo aqui o meu contributo para este importante dia e endereçar os parabéns a todos os actuais e antigos Caracóis.
Fiquem bem. Jorge Ruivo



































Os Caracóis estão de parabéns porque comemoram hoje 62 anos de existência. Historicamente remonta ao ano de 1953 com a entrada ao serviço do T-33A Shooting Star a operar a partir da Base Aérea da Ota que servia para treinar pilotos para o F-84G. Em 1957 com a passagem para a Base Aérea da Tancos passou a designar-se como Esquadra de Instrução Complementar de Pilotagem em Aviões de Combate (EICPAC), mantendo-se ainda nos dias de hoje.
Em 1974 a Esquadra é transferida para a Base Aérea de Monte Real, é designada por Esquadra 103 e em 1980 recebe os elegantes T-38 Talon que operam em Monte Real até serem transferidos em 1987 para a Base Aérea de Beja. O T-33 começou progressivamente a ser desactivado em 1988 e o T-38 terminou definitivamente a sua missão em 1993, ano em que a Esquadra 103 recebeu os Alphajet, de origem alemã, que opera ainda nos dias de hoje.
Tive a oportunidade de fotografar todas estas aeronaves da Esquadra 103 quando iniciei este meu hobby em 1978, aqui por Monte Real, iniciado que foi ainda na era da fotografia a preto e branco.
Gostaria de referir também os anos em que a Esquadra 103 foi responsável por voltar aos céus a patrulha acrobática Asas de Portugal. Deixo aqui o meu contributo para este importante dia e endereçar os parabéns a todos os actuais e antigos Caracóis.
Fiquem bem. Jorge Ruivo



































sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Real Thaw 2015 - Spotterday

Decorreu ontem dia 26 o spotterday do Real Thaw 2015 organizado pela Força Aérea Portuguesa e que decorreu na Base Aérea de Beja. Estiveram cerca de uma centena de entusiastas da aviação que tiveram oportunidade de poder fotografar um dia normal de actividade do Real Thaw. As descolagens, as aterragens e as visitas às placas onde os aviões estavam estacionados foram os atrativos mas existe outro tão ou mais importante que é o convívio dos spotters e um spotterday também é local em que se reúnem amigos do mesmo hobby.


Aqui ficam umas fotos que ilustram bem o que se passou, irei tentar actulizar à medida que as fotos forem senndo editada.
Um agradecimento à Força Aérea Portuguesa pela forma como o evento foi bem organizado e pelos locais onde permitiram os spotteres fazerem aquilo que os moveu até Beja, fotografar aviões, Fiquem bem, Jorge Ruivo




























Decorreu ontem dia 26 o spotterday do Real Thaw 2015 organizado pela Força Aérea Portuguesa e que decorreu na Base Aérea de Beja. Estiveram cerca de uma centena de entusiastas da aviação que tiveram oportunidade de poder fotografar um dia normal de actividade do Real Thaw. As descolagens, as aterragens e as visitas às placas onde os aviões estavam estacionados foram os atrativos mas existe outro tão ou mais importante que é o convívio dos spotters e um spotterday também é local em que se reúnem amigos do mesmo hobby.


Aqui ficam umas fotos que ilustram bem o que se passou, irei tentar actulizar à medida que as fotos forem senndo editada.
Um agradecimento à Força Aérea Portuguesa pela forma como o evento foi bem organizado e pelos locais onde permitiram os spotteres fazerem aquilo que os moveu até Beja, fotografar aviões, Fiquem bem, Jorge Ruivo




























quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Real Thaw 2015 - P-3C Cup+ em missão ISR ( Day 2 )

O P-3C Cup+ da Força Aérea Portuguesa foi empenhado no segundo dia do Real Thaw para uma missão ISR (intelligence, surveillance, reconnaissance), com o objectivo de adquirir um alvo no terreno e transmitir essa informação, em tempo real, às aeronaves de luta aérea F-16.

Na operação, desencadeada ao início da tarde de ontem a partir da Base Aérea N.º11, em Beja, esteve também envolvido o avião radar E-3A AWACS, da NATO, e as aeronaves Alpha-Jet, da Esquadra 103 ‘Caracóis’, que prestaram apoio aéreo.


A recolha de informação realizada pelo P-3C Cup+ é fundamental na tomada de decisão da cadeia de Comando e Controlo. Trata-se de uma das várias capacidades do avião da Esquadra 601 – Lobos, devido ao conjunto de modernos sensores que estão associados a um sistema táctico completamente integrado.

A operar desde 2011, o sistema de Armas P-3C CUP+ é uma plataforma extremamente flexível e versátil, que atua sobre a terra e sobre o mar, em quaisquer condições meteorológicas e com elevada autonomia e raio de acção.
Fonte: Força Aérea Portuguesa
































O P-3C Cup+ da Força Aérea Portuguesa foi empenhado no segundo dia do Real Thaw para uma missão ISR (intelligence, surveillance, reconnaissance), com o objectivo de adquirir um alvo no terreno e transmitir essa informação, em tempo real, às aeronaves de luta aérea F-16.

Na operação, desencadeada ao início da tarde de ontem a partir da Base Aérea N.º11, em Beja, esteve também envolvido o avião radar E-3A AWACS, da NATO, e as aeronaves Alpha-Jet, da Esquadra 103 ‘Caracóis’, que prestaram apoio aéreo.


A recolha de informação realizada pelo P-3C Cup+ é fundamental na tomada de decisão da cadeia de Comando e Controlo. Trata-se de uma das várias capacidades do avião da Esquadra 601 – Lobos, devido ao conjunto de modernos sensores que estão associados a um sistema táctico completamente integrado.

A operar desde 2011, o sistema de Armas P-3C CUP+ é uma plataforma extremamente flexível e versátil, que atua sobre a terra e sobre o mar, em quaisquer condições meteorológicas e com elevada autonomia e raio de acção.
Fonte: Força Aérea Portuguesa
































terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Real Thaw 2015 já começou

Aí está mais um Real Thaw. A Força Aérea Portuguesa vai organizar o sétimo, pondo uma vez mais à prova a sua interoperabilidade entre os três ramos das Forças Armadas e também com forças militares internacionais. A coordenação do Real Thaw 2015 será desta vez realizada na Base Aérea de Beja e as acções irão realizar-se maioritariamente na região de Seia onde o aeródromo será mesmo a Base Aérea Táctica servindo de apoio às operações realizadas nessa área.

Vão estar também no exercício forças militares estrangeiras, da Holanda e Estados Unidos vieram os FAC's que são Controladores Avançados no terreno ou em aeronaves que orientam os aviões de combate em missão no terreno de operações. Em Beja vão estar estacionados os A5-550 da Força Aérea Dinamarquesa e vão estar presentes também os aviões da Cobham bem como os E-3 AWACS da NATO. O exercício vai ter ainda a presença da Espanha com 4 Eurofighter, 4 F-18 Hornet e um C-295.


As esquadras 201 e 301 com os F-16AM, a Esquadra 751 com o EH-101, as Esquadras 501 e 502 com os C-130 e C-295, a Esquadra 601 com P-3 CUP e ainda os Alouette III da Esquadra 552. Bem vão ainda estar presentes outras forças militares que vou deixar para a próxima actualização. Não deixem de visitar o link que a Força Aérea tem destinado ao Real Thaw http://www.emfa.pt/realthaw/ onde vamos poder estar on-line e saber como o mesmo se vai evoluindo. Por agora é tudo, fiquem bem e com as fotos de 2014 de um chuvoso dia de spotterday. Jorge Ruivo
























































Aí está mais um Real Thaw. A Força Aérea Portuguesa vai organizar o sétimo, pondo uma vez mais à prova a sua interoperabilidade entre os três ramos das Forças Armadas e também com forças militares internacionais. A coordenação do Real Thaw 2015 será desta vez realizada na Base Aérea de Beja e as acções irão realizar-se maioritariamente na região de Seia onde o aeródromo será mesmo a Base Aérea Táctica servindo de apoio às operações realizadas nessa área.

Vão estar também no exercício forças militares estrangeiras, da Holanda e Estados Unidos vieram os FAC's que são Controladores Avançados no terreno ou em aeronaves que orientam os aviões de combate em missão no terreno de operações. Em Beja vão estar estacionados os A5-550 da Força Aérea Dinamarquesa e vão estar presentes também os aviões da Cobham bem como os E-3 AWACS da NATO. O exercício vai ter ainda a presença da Espanha com 4 Eurofighter, 4 F-18 Hornet e um C-295.


As esquadras 201 e 301 com os F-16AM, a Esquadra 751 com o EH-101, as Esquadras 501 e 502 com os C-130 e C-295, a Esquadra 601 com P-3 CUP e ainda os Alouette III da Esquadra 552. Bem vão ainda estar presentes outras forças militares que vou deixar para a próxima actualização. Não deixem de visitar o link que a Força Aérea tem destinado ao Real Thaw http://www.emfa.pt/realthaw/ onde vamos poder estar on-line e saber como o mesmo se vai evoluindo. Por agora é tudo, fiquem bem e com as fotos de 2014 de um chuvoso dia de spotterday. Jorge Ruivo
























































domingo, 22 de fevereiro de 2015

F-15C Eagle - Próximo destacamento americano na Europa

Acabados de chegar com 12 A-10C Thunderbolts na semana passada à Europa,  e ainda os militares estão em processo de familiarização com a Base Aérea de Spangdahlem, na Alemanha que vai ser a sua casa nos próximos tempos e já o próximo TSP      ( Theater Security Package ) foi anunciado. 


Em Abril, uma esquadra de F-16C Eagles vão atravessar o atlântico para reforçar os meios de defesa da NATO e dos Estados Unidos na Europa, mas ainda não foi divulgado onde vão ficar estacionados.

Enquanto isso os A-10 iniciaram o treino de missões regulares em Spangdahalem e é provável que no curto prazo integrem forças militares situadas na Europa Oriental no âmbito da Operation Atlantic Resolve que os Estados Unidos estão a levar a cabo na Europa como demonstração de compromisso continuo para com os países aliados e da NATO e na estabilidade na região tendo em conta o conflito existente na Ucrânia. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fonte e 1ª foto: U.S Air Force

















Acabados de chegar com 12 A-10C Thunderbolts na semana passada à Europa,  e ainda os militares estão em processo de familiarização com a Base Aérea de Spangdahlem, na Alemanha que vai ser a sua casa nos próximos tempos e já o próximo TSP      ( Theater Security Package ) foi anunciado. 


Em Abril, uma esquadra de F-16C Eagles vão atravessar o atlântico para reforçar os meios de defesa da NATO e dos Estados Unidos na Europa, mas ainda não foi divulgado onde vão ficar estacionados.

Enquanto isso os A-10 iniciaram o treino de missões regulares em Spangdahalem e é provável que no curto prazo integrem forças militares situadas na Europa Oriental no âmbito da Operation Atlantic Resolve que os Estados Unidos estão a levar a cabo na Europa como demonstração de compromisso continuo para com os países aliados e da NATO e na estabilidade na região tendo em conta o conflito existente na Ucrânia. Fiquem bem. Jorge Ruivo
Fonte e 1ª foto: U.S Air Force