domingo, 11 de novembro de 2012

Magusto Aéro Fénix 2012

10 de Novembro, dia do Magusto da Aero Fénix em Santarém. Desta vez a opção foi ir de Zephyr em vez do habitual meio de transporte e sem passar nas portagens. Só que o tempo ia nos pregando uma partida, o objetivo inicial era ir almoçar a Santarém, mas o mau tempo que se fez sentir de manhã,  foi fazendo adiar sucessivamente a partida e então lá pelas 14 horas foi decidido avançar em direcção a Santarém. Apesar do tecto de nuvens baixo, depois da Serra dos Candeeiros, conseguimos passar por uma nesga e rumamos ao Aeródromo, já com boa visibilidade. Mas durante a fase do voo em que voávamos junto à Serra e próximo do tecto de nuvens, pudemos observar um cenário esquisito pouco habitual dado que escureceu de tal maneira que parecia que voávamos num túnel. Chegados a Santarém, já estava uma luminosidade espectacular para fotografar com sol e bastantes nuvens à volta. De seguida organizou-se um fly-in e voltamos para o ar, agora para fazer fotografia com o Chipmunk do Museu Aéro Fénix com o Cmdt Munkelt aos comandos. A paisagem do Ribatejo é espectacular para fotografar, as diversas tonalidades de verde, o Rio Tejo como fundo e as nuvens que estavam deram bons momentos fotográficos. Momentos estes bem curtos, porque a sessão durou cerca de 10/15 minutos e de seguida tivemos que nos despedir porque a hora do por-do-sol estava a chegar rapidamente, do lado de Leiria estavam umas nuvens bem cinzentas escuras, sinonimo de mau tempo para os nossos lados e podia dar-se o caso de não existe uma nesga para passarmos a serra para o lado e lá. A viagem acabou por decorrer bem, fomos ao lado do mau tempo, umas fotos espectaculares com o arco-íris e finalmente aterrámos no Aeródromo da Gandara mesmo em cima do horário limite. Apesar de uma aventura curta, pude recolher uma serie de fotos espectaculares, sempre diferentes, pena ter estado tão pouco tempo em Santarém mas valeu bem a pena, mesmo assim.
Um agradecimento ao Octávio, pela disponibilidade, e ao Jorge Humberto, dono do Zephyr. Fiquem bem, Jorge Ruivo
10 de Novembro, dia do Magusto da Aero Fénix em Santarém. Desta vez a opção foi ir de Zephyr em vez do habitual meio de transporte e sem passar nas portagens. Só que o tempo ia nos pregando uma partida, o objetivo inicial era ir almoçar a Santarém, mas o mau tempo que se fez sentir de manhã,  foi fazendo adiar sucessivamente a partida e então lá pelas 14 horas foi decidido avançar em direcção a Santarém. Apesar do tecto de nuvens baixo, depois da Serra dos Candeeiros, conseguimos passar por uma nesga e rumamos ao Aeródromo, já com boa visibilidade. Mas durante a fase do voo em que voávamos junto à Serra e próximo do tecto de nuvens, pudemos observar um cenário esquisito pouco habitual dado que escureceu de tal maneira que parecia que voávamos num túnel. Chegados a Santarém, já estava uma luminosidade espectacular para fotografar com sol e bastantes nuvens à volta. De seguida organizou-se um fly-in e voltamos para o ar, agora para fazer fotografia com o Chipmunk do Museu Aéro Fénix com o Cmdt Munkelt aos comandos. A paisagem do Ribatejo é espectacular para fotografar, as diversas tonalidades de verde, o Rio Tejo como fundo e as nuvens que estavam deram bons momentos fotográficos. Momentos estes bem curtos, porque a sessão durou cerca de 10/15 minutos e de seguida tivemos que nos despedir porque a hora do por-do-sol estava a chegar rapidamente, do lado de Leiria estavam umas nuvens bem cinzentas escuras, sinonimo de mau tempo para os nossos lados e podia dar-se o caso de não existe uma nesga para passarmos a serra para o lado e lá. A viagem acabou por decorrer bem, fomos ao lado do mau tempo, umas fotos espectaculares com o arco-íris e finalmente aterrámos no Aeródromo da Gandara mesmo em cima do horário limite. Apesar de uma aventura curta, pude recolher uma serie de fotos espectaculares, sempre diferentes, pena ter estado tão pouco tempo em Santarém mas valeu bem a pena, mesmo assim.
Um agradecimento ao Octávio, pela disponibilidade, e ao Jorge Humberto, dono do Zephyr. Fiquem bem, Jorge Ruivo

terça-feira, 10 de julho de 2012

HOTBLADE 2012


Está a decorrer desde o dia 4 de Julho e até ao dia 18 o Hotblade 2012 no Aeródromo Manobra nº1 em Ovar, o maior exercício de helicópteros alguma vez realizado em Portugal. Trata-se do 4º exercício da EDA que tem como objectivo melhorar as capacidades de defesa Europeia e a a utilização de politicas comuns de Segurança e Defesa.
Com a presença de diversas forças armadas, além de Portugal com os EH-101 Merlin, temos também a presença dos Augusta A-109 belgas, os Cougar e Chinook holandeses, os NH-90 da Finlândia, os AB-212 da Áustria e os enormes CH-53 alemães. A escolha de Portugal para a organização do Hotblade, não só teve a ver com a experiência adquirida na organização de exercícios militares conjuntos e combinados,  mas também com as características geográficas onde se encontram zonas semelhantes às encontradas no Afeganistão, onde algumas das esquadras aqui envolvidas, já lá actuaram.
HB12 é o maior exercício multinacional de helicópteros, destina-se ao treino de tripulações europeias, estão 8 países a participar durante 10 dias de actividade aérea, com 29 aeronaves sendo 23 helicópteros e num total de 2700 militares envolvidos no exercício.
O grau de exigência do exercício vai aumentando com o decorrer dos dias, e servirá para pôr à prova a interoperabilidade das forças presentes, onde vão intervir de forma a manter a segurança e a ordem na região.
De salientar ainda uma inovação que é a presença de caças F-16 que também estão baseados em Ovar, bem como a presença no exercício da Protecção Civil.
Por agora deixo-vos algumas imagens que captei, onde gostaria de referir a forma espectacular como a Força Aérea através da equipa das Relações Públicas me recebeu em Ovar. Fiquem bem, Jorge Ruivo 

Está a decorrer desde o dia 4 de Julho e até ao dia 18 o Hotblade 2012 no Aeródromo Manobra nº1 em Ovar, o maior exercício de helicópteros alguma vez realizado em Portugal. Trata-se do 4º exercício da EDA que tem como objectivo melhorar as capacidades de defesa Europeia e a a utilização de politicas comuns de Segurança e Defesa.
Com a presença de diversas forças armadas, além de Portugal com os EH-101 Merlin, temos também a presença dos Augusta A-109 belgas, os Cougar e Chinook holandeses, os NH-90 da Finlândia, os AB-212 da Áustria e os enormes CH-53 alemães. A escolha de Portugal para a organização do Hotblade, não só teve a ver com a experiência adquirida na organização de exercícios militares conjuntos e combinados,  mas também com as características geográficas onde se encontram zonas semelhantes às encontradas no Afeganistão, onde algumas das esquadras aqui envolvidas, já lá actuaram.
HB12 é o maior exercício multinacional de helicópteros, destina-se ao treino de tripulações europeias, estão 8 países a participar durante 10 dias de actividade aérea, com 29 aeronaves sendo 23 helicópteros e num total de 2700 militares envolvidos no exercício.
O grau de exigência do exercício vai aumentando com o decorrer dos dias, e servirá para pôr à prova a interoperabilidade das forças presentes, onde vão intervir de forma a manter a segurança e a ordem na região.
De salientar ainda uma inovação que é a presença de caças F-16 que também estão baseados em Ovar, bem como a presença no exercício da Protecção Civil.
Por agora deixo-vos algumas imagens que captei, onde gostaria de referir a forma espectacular como a Força Aérea através da equipa das Relações Públicas me recebeu em Ovar. Fiquem bem, Jorge Ruivo 

sábado, 26 de maio de 2012

Voar - Uma sensação espectacular

O CannonTwo inicia aqui uma fase nova que são a inclusão de filmagens. Este foi o primeiro que editei e onde misturei fotos com filmagens. Estas imagens foram recolhidas num voo de Zephyr 2000 e talvez possa transmitir um pouco da espectacularidade que é sensação de voar. Lamento que por vez o "gajo" da máquina que eu não digo quem sou, tape a filmagem momentaneamente. Refiro ainda que o CannonTwo apenas tem trabalhos da minha autoria especialmente as fotos e agora também com a inclusão de mini filmes. Espero que seja do vosso agrado. Fiquem bem, Jorge Ruivo


video

domingo, 20 de maio de 2012

CannonTwo em Benavente

No dia 12 de Maio fui até Benavente a convite do meu amigo Octávio Novo a bordo do UKU. Fui atraído pelo almoço uma vez que "leitão" fazia parte do menu da refeição, eheheh. O UKU é um Zephyir 2000, que está baseado no aeródromo da Tojeira a sul da Ericeira e a norte de Sintra. Iniciamos com uma viagem de automóvel da Marinha Grande que durou cerca
de 1 hora e 30 minutos e na Tojeira já estava o Jorge Humberto a preparar a sua máquina para nós nos deliciarmos com mais uns minutos de voo até Benavente, o tempo até nem estava grande espingarda mas a vista lá de cima é sempre encantadora. Ir até
Benavente era uma oportunidade para conhecer o Paulo Cunha e a malta de lá, até porque o meu facebook costuma ter bastantes notas da Tertúlia do CVB e de referir os grandes eventos/encontros que por lá tem sido organizados, eu é que nunca lá tinha estado.
Durante a viagem para Benavente não queria deixar de referir que passamos ao lado de um dos monumentos mais bonitos de Portugal, o Convento de Mafra onde curiosamente vivi 4 meses da minha vida na Escola Prática de Infantaria, como feijão verde :-), é que visto de
cima tem outro encanto. Chegados a Benavente a tão tradicional passagem baixa seguida de aterragem final, ou por outras palavras um low-approach seguido de close (eheheh), e lá estávamos nós a parquear junto das outras máquinas. Com os pés no chão as
minhas primeiras fotos foram para aqueles que eu naquele momento achava serem dos mais importantes, os amigos que estavam a grelhar a carne. Sim, enquanto a malta da fotografia se deliciava em fotografar máquinas, eu estava virado para o almoço, porque com assuntos de
comida não se brinca. Ainda registei umas passagens, mas com uma lente 10-24mm não se consegue fazer milagres, motivo porque nem tentei fotografar a demo do Cmdt Garção com o seu Pitts em mais um show aéreo para todos os amantes da aviação presentes.
Gostaria de salientar que o motivo principal do evento foi o 4º aniversário do Portugal Spotters, os meus parabéns e votos de longevidade para a associação, um obrigado ao Guilhermino Pinto e restantes associados uma vez que "sofremos" da mesma doença. Depois do
almoço, segui-se uma entrega de prémios e chegou a hora de voltar à Tojeira. Gostaria de agradecer aos amigos do Campo de Voo de Benavente e aos amigos da Tertúlia, pelo bons momentos passados, eu vou tentar aparecer mais dado que a malta de lá é mesmo
impecável. Pena que nestas alturas quando estamos a gostar o tempo passa bem depressa sem darmos por ele e como tínhamos que fazer todo um trajecto de regresso, não tardou a autorização para descolar em direcção à Tojeira. Uma vez mais muito obrigado pela excelente forma como fomos recebidos, um agradecimento também ao Jorge Humberto pelo UKU e ao Octávio pela boleia. Espero que esta reportagem seja do vosso agrado, fiquem bem, Jorge Ruivo.
No dia 12 de Maio fui até Benavente a convite do meu amigo Octávio Novo a bordo do UKU. Fui atraído pelo almoço uma vez que "leitão" fazia parte do menu da refeição, eheheh. O UKU é um Zephyir 2000, que está baseado no aeródromo da Tojeira a sul da Ericeira e a norte de Sintra. Iniciamos com uma viagem de automóvel da Marinha Grande que durou cerca
de 1 hora e 30 minutos e na Tojeira já estava o Jorge Humberto a preparar a sua máquina para nós nos deliciarmos com mais uns minutos de voo até Benavente, o tempo até nem estava grande espingarda mas a vista lá de cima é sempre encantadora. Ir até
Benavente era uma oportunidade para conhecer o Paulo Cunha e a malta de lá, até porque o meu facebook costuma ter bastantes notas da Tertúlia do CVB e de referir os grandes eventos/encontros que por lá tem sido organizados, eu é que nunca lá tinha estado.
Durante a viagem para Benavente não queria deixar de referir que passamos ao lado de um dos monumentos mais bonitos de Portugal, o Convento de Mafra onde curiosamente vivi 4 meses da minha vida na Escola Prática de Infantaria, como feijão verde :-), é que visto de
cima tem outro encanto. Chegados a Benavente a tão tradicional passagem baixa seguida de aterragem final, ou por outras palavras um low-approach seguido de close (eheheh), e lá estávamos nós a parquear junto das outras máquinas. Com os pés no chão as
minhas primeiras fotos foram para aqueles que eu naquele momento achava serem dos mais importantes, os amigos que estavam a grelhar a carne. Sim, enquanto a malta da fotografia se deliciava em fotografar máquinas, eu estava virado para o almoço, porque com assuntos de
comida não se brinca. Ainda registei umas passagens, mas com uma lente 10-24mm não se consegue fazer milagres, motivo porque nem tentei fotografar a demo do Cmdt Garção com o seu Pitts em mais um show aéreo para todos os amantes da aviação presentes.
Gostaria de salientar que o motivo principal do evento foi o 4º aniversário do Portugal Spotters, os meus parabéns e votos de longevidade para a associação, um obrigado ao Guilhermino Pinto e restantes associados uma vez que "sofremos" da mesma doença. Depois do
almoço, segui-se uma entrega de prémios e chegou a hora de voltar à Tojeira. Gostaria de agradecer aos amigos do Campo de Voo de Benavente e aos amigos da Tertúlia, pelo bons momentos passados, eu vou tentar aparecer mais dado que a malta de lá é mesmo
impecável. Pena que nestas alturas quando estamos a gostar o tempo passa bem depressa sem darmos por ele e como tínhamos que fazer todo um trajecto de regresso, não tardou a autorização para descolar em direcção à Tojeira. Uma vez mais muito obrigado pela excelente forma como fomos recebidos, um agradecimento também ao Jorge Humberto pelo UKU e ao Octávio pela boleia. Espero que esta reportagem seja do vosso agrado, fiquem bem, Jorge Ruivo.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Cuba - 70th visitor

Cuba foi o septuagésimo país visitante do blog. Chamada oficialmente de República de Cuba, é um país insular do Caribe. É constituída pela ilha principal de Cuba (incluindo a Base Naval da Baía de Guantánamo), além da "Isla de la Juventud" e de vários arquipélagos menores. A capital é Havana que é a maior cidade de Cuba sendo a segunda cidade Santiago de Cuba. Com uma população de aproximadamente 11 milhões de habitantes, a língua oficial é o espanhol e o turismo foi uma das formas encontradas para contornar a crise económica, e é hoje a principal fonte de receita do país. A nível histórico, Espanha teve uma influencia forte na ilha desde a sua descoberta, O turismo de massa foi uma das formas encontradas para contornar a crise ecônomica, e hoje é a principal fonte de divisas do país. Nos anos 50 um acontecimentos marcou a história do país, A Revolução Cubana (1959), liderada por Fidel, que estabeleceu acordos com a União Soviética e outro na década de 60 mais conhecido também pela crise dos mísseis cubanos, quem não ouviu já falar. Numa verdadeira mobilização de guerra, os Estados Unidos impuseram um poderoso bloqueio naval à ilha de Cuba, forçando os soviéticos a desistirem dos planos de instalação dos mísseis no continente americano. A crise dos mísseis é reconhecida como um dos momentos mais dramáticos da Guerra Fria. Nunca tive o privilégio de fotografar qualquer aeronave de Cuba, mas trata-se de um país com Mig-21, 23 e 29, helicópteros Mil Mi-8, 17 e 35, o Albatroz L-39 como avião de treino, são estes os principais meios aéreos. Muito obrigado pela visita e espero que o blog seja do agrado. Fiquem bem, Jorge Ruivo
Cuba foi o septuagésimo país visitante do blog. Chamada oficialmente de República de Cuba, é um país insular do Caribe. É constituída pela ilha principal de Cuba (incluindo a Base Naval da Baía de Guantánamo), além da "Isla de la Juventud" e de vários arquipélagos menores. A capital é Havana que é a maior cidade de Cuba sendo a segunda cidade Santiago de Cuba. Com uma população de aproximadamente 11 milhões de habitantes, a língua oficial é o espanhol e o turismo foi uma das formas encontradas para contornar a crise económica, e é hoje a principal fonte de receita do país. A nível histórico, Espanha teve uma influencia forte na ilha desde a sua descoberta, O turismo de massa foi uma das formas encontradas para contornar a crise ecônomica, e hoje é a principal fonte de divisas do país. Nos anos 50 um acontecimentos marcou a história do país, A Revolução Cubana (1959), liderada por Fidel, que estabeleceu acordos com a União Soviética e outro na década de 60 mais conhecido também pela crise dos mísseis cubanos, quem não ouviu já falar. Numa verdadeira mobilização de guerra, os Estados Unidos impuseram um poderoso bloqueio naval à ilha de Cuba, forçando os soviéticos a desistirem dos planos de instalação dos mísseis no continente americano. A crise dos mísseis é reconhecida como um dos momentos mais dramáticos da Guerra Fria. Nunca tive o privilégio de fotografar qualquer aeronave de Cuba, mas trata-se de um país com Mig-21, 23 e 29, helicópteros Mil Mi-8, 17 e 35, o Albatroz L-39 como avião de treino, são estes os principais meios aéreos. Muito obrigado pela visita e espero que o blog seja do agrado. Fiquem bem, Jorge Ruivo

sábado, 28 de janeiro de 2012

F-16 BM 15140 - 4 anos depois

Faz hoje precisamente 4 anos que presenciei uma ejecção real num F-16. Parece que foi a semana passada porque me lembro promenorizadamente dos detalhes do que vi. Nada esperava esse acontecimento, mesmo quando estava a ver a trajectória do F-16, bastante esquisita e não dando para se perceber o que se estava a passar. Mesmo para mim, com alguma experiência a assistir a demonstrações a solo de F-16, aquela trajectória em nada me fez perceber o que estava quase a passar à minha frente. Em poucos minutos tudo acabou e fiquei bastante perturbado com o que tenha presenciado. Felizmente foram só danos materiais e pouco depois estava junto do piloto o Tc Pereira, então comandante da Esquadra 301, que tinha acabado de se ejectar após direccionar o F-16 para fora da zona populacional evitando assim o que poderia ser uma tragédia. Fotos só esta porque como já referi anteriormente assumi esse compromisso com a FAP. Fica para a minha história o que parecia ser mais um vôo de teste de um F-16 BM mas que foi em tudo bastante diferente. Fiquem bem, Jorge Ruivo
Faz hoje precisamente 4 anos que presenciei uma ejecção real num F-16. Parece que foi a semana passada porque me lembro promenorizadamente dos detalhes do que vi. Nada esperava esse acontecimento, mesmo quando estava a ver a trajectória do F-16, bastante esquisita e não dando para se perceber o que se estava a passar. Mesmo para mim, com alguma experiência a assistir a demonstrações a solo de F-16, aquela trajectória em nada me fez perceber o que estava quase a passar à minha frente. Em poucos minutos tudo acabou e fiquei bastante perturbado com o que tenha presenciado. Felizmente foram só danos materiais e pouco depois estava junto do piloto o Tc Pereira, então comandante da Esquadra 301, que tinha acabado de se ejectar após direccionar o F-16 para fora da zona populacional evitando assim o que poderia ser uma tragédia. Fotos só esta porque como já referi anteriormente assumi esse compromisso com a FAP. Fica para a minha história o que parecia ser mais um vôo de teste de um F-16 BM mas que foi em tudo bastante diferente. Fiquem bem, Jorge Ruivo

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Zambia - 69th Visitor

Mais um visitante do blog vindo de um país diferente, agora da Zambia. A Zâmbia, oficialmente conhecida como República da Zâmbia, é um país sem costa marítima da África Austral. É limitada a norte pela República Democrática do Congo e pela Tanzânia, a leste pelo Malawi, a sul por Moçambique, pelo Zimbábue e pela Namíbia, e a oeste por Angola. A capital é Lusaka e eatá localizada no sudeste do país. Situada no centro-sul da África, a Zâmbia abriga as famosas cataratas de Vitória (Victoria Falls), no rio Zambeze, que formam uma cortina de água de cerca de 90 m de altura, junto da fronteira com o Zimbábue. A maior parte de seu território é coberto por savanas e o clima é tropical e amenizado pela altitude. De acordo com a classificação climática de Köppen-Geiger, a maior parte do país é classificado como húmido tropical ou subtropical húmido e seco. Espero que o blog seja do agrado e voltem a visitar. Muito obrigado.
Mais um visitante do blog vindo de um país diferente, agora da Zambia. A Zâmbia, oficialmente conhecida como República da Zâmbia, é um país sem costa marítima da África Austral. É limitada a norte pela República Democrática do Congo e pela Tanzânia, a leste pelo Malawi, a sul por Moçambique, pelo Zimbábue e pela Namíbia, e a oeste por Angola. A capital é Lusaka e eatá localizada no sudeste do país. Situada no centro-sul da África, a Zâmbia abriga as famosas cataratas de Vitória (Victoria Falls), no rio Zambeze, que formam uma cortina de água de cerca de 90 m de altura, junto da fronteira com o Zimbábue. A maior parte de seu território é coberto por savanas e o clima é tropical e amenizado pela altitude. De acordo com a classificação climática de Köppen-Geiger, a maior parte do país é classificado como húmido tropical ou subtropical húmido e seco. Espero que o blog seja do agrado e voltem a visitar. Muito obrigado.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Real Thaw 2012 - (1)

Vamos começar 2012 com um grande exercício militar organizado pela Força Aérea Portuguesa o Real Thaw. Trata-se da quinta edição que tem como objectivo o treino táctico das forças participantes e ainda proporcionar a interoperabilidade entre os países participantes e os meios envolvidos, aéreos, terrestres e marítimos que irá decorrer entre 23 de Janeiro e 3 de Fevereiro O cenário e ambiente operacional é o mais real possível e semelhante aos teatros operacionais dos conflitos internacionais actuais onde Portugal poderá vir a desempenhar missões de âmbito da Nato, irá decorrer na Base Aérea de Monte Real e também na zona de Monfortinho, Seia e Pinhel. Os meios nacionais envolvidos são dos 3 ramos das Forças Armadas, da Força Aérea estão as esquadras 201 Falcões e 301 Jaguares com os F-16 de Monte Real, as esquadras 501 Bisontes e 502 Elefantes do Montijo, C-130 e C-295, as esquadras 552Zangões e 601 Lobos de Beja, os Alouette III e os P-3 C Cup+ e ainda a esquadra 751 Lobos com os EH-101 Merlin do Montijo. Ao nível do exercito temos a participação da Brigada de Reacção Rápida e a Brigada Mecanizada e a Marinha participarácom a unidade de Corpo de Fuzileiros a DAE Destacamento de Acções Especiais. A nível internacional teremos a presença dos FAC's Controladores Aéreos Avançados dos Estados Unidos e da Holanda, de Espanha contamos com a presença do Eurofighter da Ala 11 e do Airbus A-330 MRTT ( Multi Role Tanker Transport). Estará ainda presente o E-3A AWACS da Nato e os Falcon 20 da guerra electrónica que vêm do Reino Unido da empresa Cobham. A Força Aérea através do seu site http://www.emfa.pt/realthaw/ estará uma vez mais praticamente on-line durante o exercício onde podemosconsultar o evoluir do mesmo diariamente, podemos até participar enviando fotos, contribuindo assim com outros "olhares" de entusiastas que cada vez são em maior numero. Por falar em entusiastas vai haver o sempre esperado spotterday no dia
2 de Fevereiro onde vamos poder estar mais perto dos meios. As fotos que ilustram este post foram recolhidas em actividades anteriores e pretende ser uma ante visão das que vão estar em actividade durante o Real Thaw 2012. Por agora é tudo, fiquem bem, Jorge Ruivo. Ah! E podem acompanhar o exercicio através do link do lado direito
Vamos começar 2012 com um grande exercício militar organizado pela Força Aérea Portuguesa o Real Thaw. Trata-se da quinta edição que tem como objectivo o treino táctico das forças participantes e ainda proporcionar a interoperabilidade entre os países participantes e os meios envolvidos, aéreos, terrestres e marítimos que irá decorrer entre 23 de Janeiro e 3 de Fevereiro O cenário e ambiente operacional é o mais real possível e semelhante aos teatros operacionais dos conflitos internacionais actuais onde Portugal poderá vir a desempenhar missões de âmbito da Nato, irá decorrer na Base Aérea de Monte Real e também na zona de Monfortinho, Seia e Pinhel. Os meios nacionais envolvidos são dos 3 ramos das Forças Armadas, da Força Aérea estão as esquadras 201 Falcões e 301 Jaguares com os F-16 de Monte Real, as esquadras 501 Bisontes e 502 Elefantes do Montijo, C-130 e C-295, as esquadras 552Zangões e 601 Lobos de Beja, os Alouette III e os P-3 C Cup+ e ainda a esquadra 751 Lobos com os EH-101 Merlin do Montijo. Ao nível do exercito temos a participação da Brigada de Reacção Rápida e a Brigada Mecanizada e a Marinha participarácom a unidade de Corpo de Fuzileiros a DAE Destacamento de Acções Especiais. A nível internacional teremos a presença dos FAC's Controladores Aéreos Avançados dos Estados Unidos e da Holanda, de Espanha contamos com a presença do Eurofighter da Ala 11 e do Airbus A-330 MRTT ( Multi Role Tanker Transport). Estará ainda presente o E-3A AWACS da Nato e os Falcon 20 da guerra electrónica que vêm do Reino Unido da empresa Cobham. A Força Aérea através do seu site http://www.emfa.pt/realthaw/ estará uma vez mais praticamente on-line durante o exercício onde podemosconsultar o evoluir do mesmo diariamente, podemos até participar enviando fotos, contribuindo assim com outros "olhares" de entusiastas que cada vez são em maior numero. Por falar em entusiastas vai haver o sempre esperado spotterday no dia
2 de Fevereiro onde vamos poder estar mais perto dos meios. As fotos que ilustram este post foram recolhidas em actividades anteriores e pretende ser uma ante visão das que vão estar em actividade durante o Real Thaw 2012. Por agora é tudo, fiquem bem, Jorge Ruivo. Ah! E podem acompanhar o exercicio através do link do lado direito