quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Spotterday em Talavera La Real - F-5B da ALA 23



A Base Aérea de Talavera La Real recebeu centenas de entusiastas para uma jornada fotográfica que decorreu a 11 e 12 de Fevereiro em Badajoz. A Unidade de Instrução de Caça e Ataque do Ejercito del Aire, ALA 23, que opera o Casa F-5B abriu as portas aos entusiastas da aviação para passarem um dia diferente a fotografar um dia normal de trabalho operacional na Base Aérea.


Fundada em 1953 como "Escuela de Reactores", em 1954 começaram a chegar os primeiros aviões a jacto T-33 e posteriormente em 1958 a unidade foi também dotada com aviões F-86 Sabre. Em 1970 a chegada dos novos Northrop F-5A/B fabricados nas instalações da CASA em Getafe, vieram substituir os F-86 e T-33 que deixaram de voar em 1969 e 1973 respectivamente.


Ao largo de mais de 60 anos de existência esta unidade de ensinamento da arte de voar, realizou um total de 105 cursos, formando mais de 2.000 alunos pilotos. Desde a sua criação, o esforço da unidade traduz-se em mais de 250.000 horas de voo dos quais mais de 160.000 pertencem ao F-5B.


O Spotterday foi realizado sem grandes restrições mas onde o factor segurança foi preponderante para que tudo decorresse como planeado. Os militares espanhóis foram incensáveis na sua condição de receber bem e os motivos de fotografia foram abundantes através de uma exposição estática com duas aeronaves, uma linha da frente com bastantes F-5B e ainda 3 missões diárias com muitas descolagens e aterragens.


Uma palavra de agradecimento pelo boa organização e disponibilidade ao Ejercito Del Aire nestes dias dedicados aos entusiastas da aviação. Fiquem bem. Jorge Ruivo 



















































































A Base Aérea de Talavera La Real recebeu centenas de entusiastas para uma jornada fotográfica que decorreu a 11 e 12 de Fevereiro em Badajoz. A Unidade de Instrução de Caça e Ataque do Ejercito del Aire, ALA 23, que opera o Casa F-5B abriu as portas aos entusiastas da aviação para passarem um dia diferente a fotografar um dia normal de trabalho operacional na Base Aérea.


Fundada em 1953 como "Escuela de Reactores", em 1954 começaram a chegar os primeiros aviões a jacto T-33 e posteriormente em 1958 a unidade foi também dotada com aviões F-86 Sabre. Em 1970 a chegada dos novos Northrop F-5A/B fabricados nas instalações da CASA em Getafe, vieram substituir os F-86 e T-33 que deixaram de voar em 1969 e 1973 respectivamente.


Ao largo de mais de 60 anos de existência esta unidade de ensinamento da arte de voar, realizou um total de 105 cursos, formando mais de 2.000 alunos pilotos. Desde a sua criação, o esforço da unidade traduz-se em mais de 250.000 horas de voo dos quais mais de 160.000 pertencem ao F-5B.


O Spotterday foi realizado sem grandes restrições mas onde o factor segurança foi preponderante para que tudo decorresse como planeado. Os militares espanhóis foram incensáveis na sua condição de receber bem e os motivos de fotografia foram abundantes através de uma exposição estática com duas aeronaves, uma linha da frente com bastantes F-5B e ainda 3 missões diárias com muitas descolagens e aterragens.


Uma palavra de agradecimento pelo boa organização e disponibilidade ao Ejercito Del Aire nestes dias dedicados aos entusiastas da aviação. Fiquem bem. Jorge Ruivo 

















































































Sem comentários:

Publicar um comentário