sexta-feira, 21 de abril de 2017

Esquadra 502 faz dois transportes de órgãos consecutivos


No seguimento das missões humanitárias executadas pelas Forças Aérea Portuguesa, partilho aqui a ultima do dia de hoje, mas que poderá estar desatualizada a qualquer momento. 


"A Esquadra 502 – “Elefantes” realizou dois transportes de órgãos para transplante no dia 21 de abril. Estas missões foram realizadas consecutivamente, em cerca de nove horas de operação.


A tripulação e a aeronave C-295M de alerta, sediados na Base Aérea N.º6 – Montijo, foram ativados ao início da madrugada e terminaram a missão ao início da tarde. As missões decorreram ambas em Portugal continental.



Nestas missões – extremamente complexas e em que cada segundo conta, voltou a ser crucial a ágil coordenação entre as várias entidades competentes, nomeadamente o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, a Guarda Nacional Republicana e o Instituto Nacional de Emergência Médica.




Ainda na madrugada do dia 21 de abril, uma aeronave Falcon 50, operada pela Esquadra 504 – Linces, foi ativada para um transporte médico de longa distância dos Açores para o continente."
Fonte: www.emfa.pt
Fiquem bem. Jorge Ruivo





























































No seguimento das missões humanitárias executadas pelas Forças Aérea Portuguesa, partilho aqui a ultima do dia de hoje, mas que poderá estar desatualizada a qualquer momento. 


"A Esquadra 502 – “Elefantes” realizou dois transportes de órgãos para transplante no dia 21 de abril. Estas missões foram realizadas consecutivamente, em cerca de nove horas de operação.


A tripulação e a aeronave C-295M de alerta, sediados na Base Aérea N.º6 – Montijo, foram ativados ao início da madrugada e terminaram a missão ao início da tarde. As missões decorreram ambas em Portugal continental.



Nestas missões – extremamente complexas e em que cada segundo conta, voltou a ser crucial a ágil coordenação entre as várias entidades competentes, nomeadamente o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, a Guarda Nacional Republicana e o Instituto Nacional de Emergência Médica.




Ainda na madrugada do dia 21 de abril, uma aeronave Falcon 50, operada pela Esquadra 504 – Linces, foi ativada para um transporte médico de longa distância dos Açores para o continente."
Fonte: www.emfa.pt
Fiquem bem. Jorge Ruivo




























































Sem comentários:

Publicar um comentário