quinta-feira, 29 de abril de 2010

Spotterday Monte Real (1)

Bem, o primeiro update deste evento deixa-me com um sentimento de ansiedade, pelos próximos e pelo facto de bem perto de mim ir actuar a Royal Netherland Demo Team com o seu F-16 espectacularmente decorado para a demonstração aérea. Realmente ter a possibilidade de o ver actuar bem perto da minha casa, já que estou habituado a vê-lo no estrangeiro mais propriamente nos RIAT, cria desde já uma expectativa bastante grande pela sua demo. Mas não é tudo, é claro que outra expectativa grande são os nossos vipers, como no dia de Base Aberta, um mass atack? Uma formação brutal como foi a do ano passado? Passagens baixas por todo o lado? Low Approach? Vamos ver se entretanto com o enriquecimento do programa,
esperamos mais agradáveis surpresas. Pelo que li, acho o kit dos spotters melhor do que o do ano passado, só o livro lá incluído, custa no exterior +- 65€, vamos ter um dia em cheio novamente e por duas vezes locais privilegiados para fotografar, é mesmo para nós. O ano passado houve umas vozes discordantes, com todo o direito, e que dispararam em todas as direcções, mas e realidade é que passamos um excelente dia, fazendo esquecer esses qui pro quos, e não fosse a chuva (minha eterna companheira), era de certeza muito melhor. Mas bonito foi uma atitude que passou ao lado de muitos, mas que devo referi-la aqui por ser de tão nobre dimensão, em cima da hora houve um dos spotters que não podia ir devido a diversas situações menos boas ocorridas em simultâneo, então houve um grupo que se prontificou a pagar a inscrição o que por todos dava uma verba pequena, mas um dos que ajudou, não foi. Podia contribuir com esse pequeno valor mas não estava nos seus horizontes o valor total da entrada, daí não ter estado com os spotters, mas ele tem-nos dado tanto, aos spotters, ou não seja ele o Falcão-Mor do Pássaro de Ferro, esse magnifico blog que eu ambiciono um dia chegar aos calcanhares. Fica aqui desde já o meu reconhecimento, a este acto tão nobre, um grande abraço para a Madeira, para o meu amigo António Luís. Ah! E não queria terminar sem outro reconhecimento, o Sabre 15115, continua magnifico, a pintura ainda se mantém impecável, os meus parabéns ao Miguel e restantes elementos dessa excelente equipa. Por agora é tudo, fiquem bem. Jorge Ruivo
Bem, o primeiro update deste evento deixa-me com um sentimento de ansiedade, pelos próximos e pelo facto de bem perto de mim ir actuar a Royal Netherland Demo Team com o seu F-16 espectacularmente decorado para a demonstração aérea. Realmente ter a possibilidade de o ver actuar bem perto da minha casa, já que estou habituado a vê-lo no estrangeiro mais propriamente nos RIAT, cria desde já uma expectativa bastante grande pela sua demo. Mas não é tudo, é claro que outra expectativa grande são os nossos vipers, como no dia de Base Aberta, um mass atack? Uma formação brutal como foi a do ano passado? Passagens baixas por todo o lado? Low Approach? Vamos ver se entretanto com o enriquecimento do programa,
esperamos mais agradáveis surpresas. Pelo que li, acho o kit dos spotters melhor do que o do ano passado, só o livro lá incluído, custa no exterior +- 65€, vamos ter um dia em cheio novamente e por duas vezes locais privilegiados para fotografar, é mesmo para nós. O ano passado houve umas vozes discordantes, com todo o direito, e que dispararam em todas as direcções, mas e realidade é que passamos um excelente dia, fazendo esquecer esses qui pro quos, e não fosse a chuva (minha eterna companheira), era de certeza muito melhor. Mas bonito foi uma atitude que passou ao lado de muitos, mas que devo referi-la aqui por ser de tão nobre dimensão, em cima da hora houve um dos spotters que não podia ir devido a diversas situações menos boas ocorridas em simultâneo, então houve um grupo que se prontificou a pagar a inscrição o que por todos dava uma verba pequena, mas um dos que ajudou, não foi. Podia contribuir com esse pequeno valor mas não estava nos seus horizontes o valor total da entrada, daí não ter estado com os spotters, mas ele tem-nos dado tanto, aos spotters, ou não seja ele o Falcão-Mor do Pássaro de Ferro, esse magnifico blog que eu ambiciono um dia chegar aos calcanhares. Fica aqui desde já o meu reconhecimento, a este acto tão nobre, um grande abraço para a Madeira, para o meu amigo António Luís. Ah! E não queria terminar sem outro reconhecimento, o Sabre 15115, continua magnifico, a pintura ainda se mantém impecável, os meus parabéns ao Miguel e restantes elementos dessa excelente equipa. Por agora é tudo, fiquem bem. Jorge Ruivo

3 comentários:

  1. ...segue mais 1 excelente update no cannontwo...acerca do spottersday do ano passado,só a presença dos A7 gregos ja valeu a pena!!este ano será igualmente espectacular!!por isso pessoal,nao percam!!abraços

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Sem duvida que a pintura BRUTAL............BOA FOTO
    Ass: M&M

    ResponderEliminar